Forrozeiros pedem volta de Bete Nascimento ao Matruz com Leite

2018 iniciou com mudanças no mundo dos artistas, dentre eles está a banda Mastruz com Leite, que na manhã do dia 05 de janeiro (sexta), o público forrozeiro foi pego de surpresa com o anúncio da saída de João Filho e Ana Amélia da banda Mastruz com Leite. O casal estava pela segunda passagem no grupo e foi responsável por boa parte dos sucessos da banda mãe do Forró.

João e Ana pediram desligamento do Mastruz para se dedicarem à família e a novos projetos. Logo após o anúncio, surgiu em diversos grupos na Internet, o nome da cantora Bete  Nascimento, que fez história na banda. Os forrozeiros estão em polvorosa com um possível retorno dela, que é considerada uma das principais vozes do Forró.

A direção da banda ainda não se pronunciou sobre novas contratações, porém, logo deverá completar o time de vocalistas. A última contratação foi Renara Santos, que venceu concurso e substitui Erika Meire.

  • Bete Nascimento

A cantora ingressou no grupo em 1994, Cantou durante 15 anos na maior Banda de Forró do Mundo, a Mastruz com Leite, lá ela viajou o Brasil todo, parte da Europa e EUA. Dividindo o palco com outros talentosos artistas, Bete aprendeu grande parte do que sabe nessa grande escola que foi o Mastruz com Leite.

Participou de vários programas de Tv, rádios e matérias de jornal e revista. Gravou grandes sucessos inéditos e regravou muitos sucessos de artistas de renome, como Roberto Carlos, Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Jackson do Pandeiro, Trio Nordestino, Reginaldo Rossi, Pinduca e Carlos Santos. Bete Nascimento é dona de vários hits no grupo, entre eles “Menino sem Juízo” e “A Praia”.

Após 15 anos de Mastruz com Leite, ela resolveu deixar a Banda em 2009, e seguir em carreira solo, agora após 9 anos pode acontecer um retorno de uma das melhores cantoras de forró das antigas ao Mastruz com Leite.  A campanha para o retorno da “diva”, que segue em carreira solo, segue a todo vapor e o único objetivo é convencer o criador do grupo, Emanuel Gurgel.Vamos ficar na torcida.

Deixe uma resposta